Relações com a UE

A ARJM obteve o estatuto de candidato em Dezembro de 2005, no entanto a abertura de negociações ficou dependente da verificação de progressos no cumprimento dos critérios de adesão, continuando assim a ARJM a fazer parte do Processo de Estabilização e Associação.

No domínio da circulação de pessoas, entraram em vigor a 1 de Janeiro de 2008 os acordos sobre a facilitação da emissão de vistos de curta duração e sobre readmissão com a ARJM. O passo seguinte deverá ser a liberalização completa do regime de vistos, sob condição do país implementar as directrizes elaboradas pela Comissão. A ARJM cumpriu satisfatoriamente todos os critérios exigidos, como resultado a Comissão recomendou que fosse abrangida pela proposta de isentar da obrigação de visto os cidadãos do país a partir de 2010.

No Conselho Europeu de Dezembro de 2011, e após mais uma recomendação positiva por parte da Comissão Europeia para a confirmação do estatuto de candidato, os 27 Estados-membros voltaram a adiar a abertura de negociações de adesão e definição da respectiva, ficando estas dependentes, uma vez mais, da verificação de maiores progressos no cumprimento dos critérios de adesão.